Ratos e Homens

Escritor: John Steinbeck
Editora: L&PM EDITORES
ISBN: 852541378x

Português
144 páginas na versão Papel
Formato: Digital, Kindle

Sinopse:
George e Lennie são dois amigos bem diferentes entre si. George é baixo e franzino, porém astuto, e Lennie é grandalhão, uma verdadeira fortaleza humana, mas com a inteligência de uma criança. Só o que os une é a amizade e a posição de marginalizados pelo sistema, o fato de serem homens sem nada na vida, sequer família, que trabalham fazendo bicos em fazendas da Califórnia durante a recessão econômica americana da década de 30. Ganham pouco mais do que comida e moradia. No caminho, encontram outros sujeitos pobres e explorados, mas também situações que colocam em risco a sua miserável e humilde existência. Em Ratos e homens, Steinbeck levou à maestria sua capacidade de compor personagens tão cativantes quanto realistas e de, ao contar uma história específica, falar de sentimentos comuns a todos seres humanos, como a solidão e a ânsia por uma vida digna.

Por que eu li?
Faz parte dos clássicos que tenho que ler antes de morrer.

Minha percepção:
Obra que marca a amizade, preconceito e gratidão entre dois trabalhadores de fazenda. Durante a maior parte os diálogos ocorrem no galpão da fazenda entre os demais trabalhadores, assim como as confusões com Curley, o filho do fazendeiro, que vive a procura de brigas. O livro mistura drama e melancolia.

Nelson Rodrigues – Por Ele Mesmo

Escritora: Sônia Rodrigues
Editora: Nova Fronteira
ISBN: 9788520929827

372 páginas no formato papel
Português
Formato Lido: Digital, Kindle

Sinopse oficial:
Nelson Rodrigues dispensa maiores apresentações. Um dos dramaturgos mais contundentes que nosso país já conheceu, o autor escreveu 17 peças de grande sucesso, inaugurando e consolidando o modernismo no teatro brasileiro. Atuou também como jornalista, destacando-se como cronista e comentarista esportivo. Este livro reúne diversas entrevistas do dramaturgo, em que afloram suas opiniões polêmicas e várias de suas máximas tão citadas até hoje, uma bem-realizada proposta, que deixa o autor falar por ele mesmo. Às vésperas do centenário de Nelson Rodrigues, sua filha Sônia se dedicou a reler o material que acumulou a respeito dele e de sua obra. O levantamento inicial levou em conta tudo o que estava disponível em acervos públicos e particulares. Depois, foi a vez de separar frases, parágrafos, histórias que estavam “enterrados como um sapo de macumba” dentro de entrevistas feitas com o personagem Nelson Rodrigues.

O que eu achei:
Bom, eu fiquei fã de Nelson Rodrigues, e apesar de ser reportagens reunidas serviu para que eu soubesse mais quem foi o Nelson. Achei na verdade meio chato de ler, mas muito bom para entender quem realmente foi ele.

A Cabana

Escritor: William P Young
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788599296363

Português
Formato lido: Papel
240 páginas

Sinopse:
A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar áquele cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, “A Cabana” invoca a pergunta: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?” As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.