O Físico: A epopeia de um médico medieval

Escritor: Noah Gordon

Editora: Rocco
Sinopse: O drama de um homem dotado do poder quase místico de curar, que tem a obsessão de vencer a morte e a doença, é aqui contado desde o obscurantismo e a brutalidade do século XI na Inglaterra ao esplendor e sensualidade da Pérsia, detalhando a idade de ouro da civilização árabe e judaica. 




A história começa quando Rob Cole, órfão, aprendiz de um barbeiro-cirurgião na Inglaterra, toma conhecimento da existência de uma escola extraordinária na Pérsia, onde um famoso físico leciona. Decidido a ir a seu encontro, descobre que o único problema estava no fato de que cristãos não tinham acesso às universidades muçulmanas durante as Cruzadas. A solução era Rob assumir a identidade de um judeu, ao mesmo tempo em que se envolvia com uma avalanche de fatos verdadeiramente impressionantes.

O que achei do livro:

Um livro recheado de romance e aventuras, já não sei se os fatos históricos relatados são verdadeiros, mas, independente disso, é recheado de fatos ditos históricos.
São quase 600 páginas do livro com uma história que te prende do inicio ao fim.
Acredito que o Sr. Noah Gordon quisesse contar como se iniciou a medicina, mas na verdade ele acaba contando a grande aventura de Rob e como eram os preconceitos, riquezas medievais e reinados sangrentos e corrupto que surgia em um cristianismo e também um islamismo que acabavam impedindo o avanço da ciência.
Você pode imaginar os heróis que viveram nesta época e que conseguiram vencer estes obstáculos para trazer o que conhecemos de ciência hoje.
Excelente livro.

O último judeu – Uma história de terror na inquisição

Escritor: Noah Gordon
Editora: Rocco
ISBN: 85-325-1171-6

378 páginas
Português
Formato: Papel

Sinopse oficial:
No ano de 1492, a Inquisição domina a Espanha com mãos de ferro. Centenas de milhares de judeus são expulsos e obrigados a fugir para não serem queimados na fogueira. O terror e a delação estão na ordem do dia e as mortes são inevitáveis. Neste clima de pânico, Yonah Toledano, um garoto de treze anos, filhos de um ourives judeu assassinado, se recusa à conversão e foge pelo interior da Espanha para não ser morto.

Por que eu li?
Um amigo, Marcelo Melli, me recomendou este escrito, que eu ainda não conhecia, foi o primeiro livro que li dele. Este amigo me falou do livro com tanto entusiasmo que tive que ler para tirar a prova, e não me arrependi.

Minha opinião:
História muito bem contada, com um ponto de suspense e quero mais. Gostei do escritor e da maneira que ele escreve e quero ler mais um livro dele para ter certeza de sua qualidade. Um livro de fácil leitura mesmo sendo uma história complicada o escritor não se apega a detalhes e mantém o foco nas personagens.
Recomendo.